Randonnée en Montagne

Randonnée en Montagne

4-11 Fev 2017 Islandia, 5-2-2017 Dia1 Selfoss - Kerio - Geysir - Gullfoss - Oxararfoss - Golden Circle

Ver a aurora boreal é um sonho que temos desde pequenos, para tentar realizar esse sonho fomos passar 7 dias à Islândia, ou seja tinhamos 7 noites para tentar ver a aurora, é preciso que se conjuguem uma série de factores para poder ver a aurora boreal, o nível de intensidade e acima de tudo céu limpo ou parcialmente, mesmo com esses 2 factores favoráveis não é garantido, então temos que adicionar sorte. A intensidade varia de 0 a 9, 0 é nula e 9 muito activa, tivemos noites em que estava nível 4 mas estava céu nublado, tivemos noites de nível 3 com céu limpo onde tivemos 4 horas ao frio e nada, e finalmente quando já tínhamos atirado a toalha ao chão, numa noite de nível 2, a aurora dançou durante 3 horas num espectáculo absolutamente inesquecível, aparecia, desaparecia, fazia tipo fumarolas, arcos....lá chegaremos...

O que não fazíamos ideia é que fossemos viver tão intensamente estes dias nesta bela ilha, para quem conhece a ilha no inverno vai perceber bem o porquê, demos a volta à ilha num hynduai i10 em pleno fevereiro, por favor não façam como nós e aluguem um 4x4! Todos, mas todos os dias havia alertas de mau tempo, quando falo de alertas de mau tempo nada tem a ver com o que estamos habituados nos Alpes, falo de ventos na ordem dos 200km/h, e em dias mais calmos, nunca, mas nunca abaixo dos 60km/h, basicamente apanhámos uma barrigada de vento e chuva, foi uma primeira vez para muita coisa, ver cascatas a correr em sentido inverso, o carro a fugir-me sozinho, percorrer quase 200km sem ver um único sinal de civilização nestas condições, e eu que pensava que os Alpes eram selvagens, se alguém vos disser isso não acreditem! Um dos dias enquanto conduzíamos de noite, sim, porque conduzimos bastante de noite, ligamos à  família a dizer onde estávamos e para onde íamos, se não déssemos notícias nas horas seguintes era motivo para se preocuparem, fizemos ao todo 2200km nos 7 dias, momentos de pânico como nunca tínhamos experimentado mas também de extrema felicidade.

Num dos dias havia alerta de furacão na zona oeste, nós estávamos na ponta este e dirigimo-nos para norte, isto a uns 600km da ponta ocidental, umas 2 horas depois o carro começou a fugir-me, quando consultámos o importantíssimo site safetravel.is ,a tempestade estava precisamente na costa leste, impressionante, ficámos com a sensação que a ilha não nos queria lá!! No fim correu tudo bem mas muita volta deu este estômago, e não fosse ter a experiência de conduzir nos Alpes tenho a certeza que teríamos tido acidentes.

Passámos horas a apreciar focas, tão curiosas e tão castiças, isto sozinhos, garanto-vos que poder assistir a isso sozinhos não é uma tarefa fácil num país carregado de turistas não importa em que altura do ano, até consegui tirar fotografias sem orientais, outra coisa rara na Islândia.

Existem 3 sites vitais para quem viaja de carro na ilha e que se devem visitar várias vezes ao dia, nós visitámo-los centenas de vezes!

Previsão meteorológica e estado da intensidade da actividade da aurora boreal assim como o cloud cover - http://en.vedur.is/weather/forecasts/aurora/

Estado das estradas - www.road.is

Alertas meteorológicos - safetravel.is

A nível gastronómico o rasto americano do fast food está por todo o lado, não podemos falar da comida típica porque acabámos por nunca ir ao restaurante.

A opção mais econômica será comprar comida no supermercado e cozinhar(boa sorte com os utensílios de cozinha!), em várias ocasiões não fizemos comida porque os tachos estavam num estado deplorável!!! Tanta ferrugem...

Alojamento, existe muita oferta diversificada, hotéis, guesthouse, cottages(pequenos bungalows). O mais económicos são as guesthouse, onde se pode cozinhar, tem casa de banho e cozinha partilhada, nós ficámos 3 noites em cottages, 3 noites em guesthouse e 2 noites em hotéis.

Preços

Guesthouse - 50/80€

Cottages - 70/90€

Hotéis - 100/120€

Claro que estes preços são meramente indicativos, tendo em conta a época do ano, o booking.com funciona muito bem por toda a ilha.

Por experiência própria existem sítios que recomendamos e outros que nem pensar

Recomendamos Selfoss guesthouse, Hofn guesthouse, Elda guesthouse na região do lado Mytvan e sem dúvida o melhor de todos, Hotel Laugarbakki, a melhor experiência na ilha, hot tub, quarto impecável, simpatia extrema do pessoal e um pequeno almoço brutal!! É um hotel que merece nota máxima.

O carro para os 8 dias ficou-nos a 230€ mais 135€ do seguro médio, incluindo quebra de vidros que é fundamental!!

Outra dica, sempre que possível atestem o carro, o carro que alugámos tinha um depósito de 35lt, um dos dias fizemos 180km sem passar por qualquer bomba de gasolina, é preciso ter atenção.


Dia 1

Dormimos em Selfoss e fizemos o tour do Golden Circle, visitámos a cratera Kerio, o Geysir, as cascatas Gulfoss, quando estávamos nas cascatas o tempo ficou bem mais favorável, não resistimos e voltámos a passar no Geysir, que moca! Passávamos ali horas a tentar tirar a melhor foto! Seguimos para Reiquiavique e ainda visitámos o parque nacional Thingvellir, onde se pode fazer caminhadas entre as falhas tectónicas e ver mais uma cascata, estávamos chocados com a beleza da paisagem, por vezes chovia à bruta, outras vezes nevava, mas é assim a Islândia no Inverno. Depois de um dia bem preenchido regressámos a Selfoss por volta das 20h30m, comemos algo, analisámos o cloud cover e a actividade da aurora boreal na região, a caminho de Reiquiavique vimos pela primeira vez um pouco de verde no céu, saímos da estrada principal e procuramos um sítio escuro, só tivemos tempo de fazer uma fotografia e começou a chover logo de seguida. Prosseguimos para a capital e demos uma volta pelo centro. Ao regressar a Selfoss já depois da uma da manhã começámos a sentir o poder das estradas na Islândia, a estrada já estava coberta de neve, neve bem batida a vento e vimos um carro despistado ao lado da estrada. Foi um óptimo primeiro dia!


Geysir


Gulfoss


Thingvellir







Kerio crater






Geysir















Gulfoss


















Geysir










Thingvellir national park